InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Onde e Aonde
Qua Jul 06, 2011 7:17 am por Edvaldo Feitosa

» VENTO
Qua Abr 27, 2011 5:46 am por Odir, de passagem

» Quadra - Parabéns São Paulo
Ter Fev 08, 2011 2:28 am por Vilma Piva

» OUTONO - I - II - III
Ter Jan 25, 2011 2:55 pm por Vilma Piva

» FUGA / SOLIDÃO
Ter Jan 25, 2011 2:46 pm por Vilma Piva

» Folhas I
Dom Jan 23, 2011 9:38 am por Marli Franco

» Ausência
Dom Jan 23, 2011 9:35 am por Marli Franco

» DEUS NASCEU NO EXÍLIO
Sab Jan 01, 2011 5:21 pm por Vilma Piva

» COMIDAS DE ANO NOVO
Seg Dez 27, 2010 3:01 am por Vilma Piva

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros

Compartilhe | 
 

 MENTE-SE A VERDADE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Damião Cavalcanti
Amigo Bronze
Amigo Bronze
avatar

Data de inscrição : 03/07/2009
Localização : JOÃO PESSOA - PARAÍBA

MensagemAssunto: MENTE-SE A VERDADE   Dom Maio 09, 2010 11:26 am

Damião Ramos Cavalcanti

MENTE-SE A VERDADE

Não basta apenas dizer; todos dizem, mas poucos se interessam pela verdade do que foi dito. Sei que esse desgaste advém do que vem sofrendo “o mundo dos valores”, rebaixado a um segundo plano pelo “mundo dos interesses”, obsessão pelas vantagens, centrada nas três vigas mestras: poder, sexo e riqueza; triunvirato dos interesses, sobretudo individuais, egoísticos e mesquinhos, mesmo quando impõem ofensivos desrespeitos ao bem de todos, o coletivo.
Dizer é fácil, sobretudo quando se fala afinado pelo diapasão da conveniência interesseira. Exclua-se aqui o dito de valor opinativo sobre assuntos logicamente discutíveis que, carentes de maior evidência, necessitam ser complementados por outras opiniões. Também se exclua o valorativo essencialmente subjetivo, próprio do gosto de cada um que, sem exceção na lógica, não pode ser considerado nem falso nem verdadeiro. Refiro-me ao dizer da sentença cuja conformidade e adequação com a realidade são possíveis de serem averiguadas, o dito com o objeto descrito.
Contudo, isso ainda não esclarece totalmente a mentira, não nos revela o que seja um mentiroso. Por que, caro leitor? Porque mentir ou não mentir, ao que parece, é muito mais proveniente da sinceridade do que dessa conformidade da sentença com o seu real objeto. Exemplificando: se você viu algum amigo entrar a um recinto de má reputação e deseja omitir este fato à sua companheira, mentindo, informa que o amigo não se encontra naquele lugar. Portanto, decidiu mentir para “proteger” o amigo. Mas, a companheira, ao verificar o recinto, realmente não encontrou seu companheiro porque ele havia saído pela porta dos fundos. Neste caso, você mentiu porque foi insincero, porém, dizendo a verdade mesmo mentindo. Como, ao contrário, você pode não mentir, informando o falso, ao afirmar que ele se encontra naquela casa, desconhecendo que ele saíra pelos fundos.
A mentira não exige conhecimento sobre o que se afirma, mas apenas crença; não provém da ignorância, mas da má-fé; de modo que mentir é pretender dizer o contrário do em que você acredita. Portanto, diante do Juiz, jurar dizer a verdade é prometer ser sincero. Essas distinções ajudam a ética em relação à verdade e, de modo especial, definir o mentiroso. O bom senso recomenda ser moderadamente sincero quanto à virtuosidade alheia, sobretudo se as qualidades a serem ditas são negativas. Nestes casos, bem nos admoesta Oscar Wilde: “Um pouco de sinceridade é um perigo; muita sinceridade é absolutamente fatal.”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vilma Piva
Amigo Diamante
Amigo Diamante
avatar

Data de inscrição : 02/07/2009
Localização : Araras - SP

MensagemAssunto: Re: MENTE-SE A VERDADE   Ter Maio 11, 2010 1:51 am

Belo texto , Damião!!
Parabénssssssss!!
E por falar em Verdade e Mentira, vou refletindo.....
A verdade é uma só enquanto não se prova ao contrário....
A mentira, omissão de uma verdade, vem sempre acompnhada de alguma justificativa, e por muitas vezes vemos que ela se torna uma nova verdade.....

Beijos Meus,
Vilma
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
MENTE-SE A VERDADE
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ESPAÇO CULTURAL PARA OS AMANTES DA POESIA  :: VARANDA POÉTICA :: SALA DA PALAVRA :: Crônicas-
Ir para: