InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Onde e Aonde
Qua Jul 06, 2011 7:17 am por Edvaldo Feitosa

» VENTO
Qua Abr 27, 2011 5:46 am por Odir, de passagem

» Quadra - Parabéns São Paulo
Ter Fev 08, 2011 2:28 am por Vilma Piva

» OUTONO - I - II - III
Ter Jan 25, 2011 2:55 pm por Vilma Piva

» FUGA / SOLIDÃO
Ter Jan 25, 2011 2:46 pm por Vilma Piva

» Folhas I
Dom Jan 23, 2011 9:38 am por Marli Franco

» Ausência
Dom Jan 23, 2011 9:35 am por Marli Franco

» DEUS NASCEU NO EXÍLIO
Sab Jan 01, 2011 5:21 pm por Vilma Piva

» COMIDAS DE ANO NOVO
Seg Dez 27, 2010 3:01 am por Vilma Piva

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros

Compartilhe | 
 

 MARADONA E SUAS MEDALHAS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Damião Cavalcanti
Amigo Bronze
Amigo Bronze
avatar

Data de inscrição : 03/07/2009
Localização : JOÃO PESSOA - PARAÍBA

MensagemAssunto: MARADONA E SUAS MEDALHAS   Sab Jul 10, 2010 8:32 am

MARADONA E SUAS MEDALHAS

Damião Ramos Cavalcanti


Depois de ver, compreender. Sempre vi Maradona como um inteligente atleta. Desde cedo, teve um trato especial com a bola, seu pequeno pé dando a direção que sempre quis à pelota, como dizem os portugueses. E assim aconteceu seu crescimento, em razão do seu empenho e destreza. Porém, tempos depois, no coração boêmio de Buenos Aires, Caminito, indaguei a uma criança que jogava bola, sobre o então ídolo Diego Maradona. Com desprezo, citando outros de sua admiração, foi taxativo: “es un drogadicto”. E Maradona, refugiando-se em Cuba, livrou-se da poeira a que se viciou nos cais de Napoli, “deu a volta por cima”, ensinando o que é possível aos que caem no infortúnio da droga, tornando-se, para 2010, técnico da “alviceleste” seleção “rio-platense”.

Tendo dado a volta por cima, reapareceu altivo, mas com demasiada empáfia, estufou-se todo com o que sua arte esportiva tinha lhe assegurado. Passou a referir-se a grandes jogadores, como é o caso de Pelé ou Müller, com desdém. Os alemães, nesta Copa, deram-lhe merecida resposta: humildade e respeito são deveres também nas competições esportivas. Triste fiquei com o Brasil, que demonstrou ser superior no primeiro tempo; fez um belo gol anulado e outro valendo e, se tivesse repetido a determinação e equilíbrio psicológico iniciais, teríamos vencido a Holanda. Com pena fiquei da Argentina, bastavam dois gols para se evitar esta exageração: alemães, quatro; argentinos, nenhum. De repente, frustradas as então esperadas demonstrações de craques, como Messi, prometidas por Maradona. Nas arquibancadas, legíveis insultos ostentados pelos “hermanos”: “A los brasileños, la VARIG”. E alí, pouco depois, quase no mesmo voo, viajariam “los porteños”...

Tudo isso parece trivial. Mas, no fundo, reflete uma preocupante realidade: crianças, jovens buscam nesses jogadores de futebol a figura de ídolo, de herói. Se, na educação de todos os povos, heróis sempre foram mulheres e homens protótipos, esses jogadores, com poucas exceções, não servem como exemplo. Talvez como lição de habilidades esportivas, mas não de ética e cidadania, pois transmitem a educação que receberam. No campo, exibem: violência; ações irresponsáveis como as das expulsões; deslealdades com o adversário; desonestidades, como os gols de mão. Deles todos, somente Maradona ousou atribuir a Deus seu gol ilícito: “- Fue la mano de Dios”. Nesse mundo sem valores, escasseiam-se os heróis. Nos dias de hoje, herói é aquele que, para si, para a sociedade e a educação da juventude, consegue haver sã cidadania e conduta ética. Estes, os meus ídolos.
[/b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vilma Piva
Amigo Diamante
Amigo Diamante
avatar

Data de inscrição : 02/07/2009
Localização : Araras - SP

MensagemAssunto: Re: MARADONA E SUAS MEDALHAS   Dom Jul 11, 2010 8:10 pm

Damião, querido poeta,

Eu daqui, Basketball batendo a minha bolinha, concordo em genero, numero e grau com tuas observações, pois ainda agora em tempo Copa de Mundo todos nós (e acredito que o mundo ) pode se perguntar: Cadê nossos verdadeiros heróis, dentro e fora do campo?
Fico contigo e com essa frase:
"Nesse mundo sem valores, escasseiam-se os heróis. Nos dias de hoje, herói é aquele que, para si, para a sociedade e a educação da juventude, consegue haver sã cidadania e conduta ética. Estes, os meus ídolos. "

Beijos Lindos,
Vilma
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
MARADONA E SUAS MEDALHAS
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Tópico Oficial] Qual foi sua última aquisição?
» Salamandra/ 33° Capítulo- A Liberdade de Alana, Roberta sofre por perder Agatha... Fortes Emoções!!!
» Entrevista com TIO ALEX. Façam suas perguntas!!!
» Seguradoras e suas responsabilidades
» Resumo [Espelhos]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ESPAÇO CULTURAL PARA OS AMANTES DA POESIA  :: VARANDA POÉTICA :: SALA DA PALAVRA :: Crônicas-
Ir para: