InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Onde e Aonde
Qua Jul 06, 2011 7:17 am por Edvaldo Feitosa

» VENTO
Qua Abr 27, 2011 5:46 am por Odir, de passagem

» Quadra - Parabéns São Paulo
Ter Fev 08, 2011 2:28 am por Vilma Piva

» OUTONO - I - II - III
Ter Jan 25, 2011 2:55 pm por Vilma Piva

» FUGA / SOLIDÃO
Ter Jan 25, 2011 2:46 pm por Vilma Piva

» Folhas I
Dom Jan 23, 2011 9:38 am por Marli Franco

» Ausência
Dom Jan 23, 2011 9:35 am por Marli Franco

» DEUS NASCEU NO EXÍLIO
Sab Jan 01, 2011 5:21 pm por Vilma Piva

» COMIDAS DE ANO NOVO
Seg Dez 27, 2010 3:01 am por Vilma Piva

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros

Compartilhe | 
 

 PAPA-RABO, A JUMENTO; VASSOURA, A CAVALO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Damião Cavalcanti
Amigo Bronze
Amigo Bronze
avatar

Data de inscrição : 03/07/2009
Localização : JOÃO PESSOA - PARAÍBA

MensagemAssunto: PAPA-RABO, A JUMENTO; VASSOURA, A CAVALO   Qui Jul 22, 2010 6:16 am


Damião Ramos Cavalcanti
PAPA-RABO, A JUMENTO; VASSOURA, A CAVALO


Nunca mais vi Vassoura montada a cavalo, paramentada de broches no peito e na lapela do casaco, empunhando numa vara a bandeira nacional, trotando no calçamento para fugir dos insultos, aos quais respondia: “Vassoura é a mãe!” Seu cavalo, entre carros ou nas calçadas, dava-lhe altura, distinguindo-a dos demais. Mesmo fora dessas circunstâncias, o cavalo sempre distingue o cavalheiro, como nossos heróis das revistas de quadrinho ou da novela “Jerônimo, Herói do Sertão”, cujo cavalo, no rádio, maravilhava-nos com belíssimo trote. Nos 7 de Setembro, lá estava Vassoura no desfile, entre colegiais, no passar das autoridades, toda patriótica, ancha do seu pomposo nome, Maria Isabel Bandeira de Melo, que ela própria “corrigia”: Bandeira Brasileira.
N
unca mais vi Vassoura.Saiu de Gurinhém para viver cavalgando de Santa Rita a João Pessoa. Com o cavalo, numa afeição nietzschiana, tentou entrar Palácio adentro para falar com o Governador Agripino. Como em todas as cidades, havia ou ainda há curiosas personagens: Papa-rabo do Pilar, de José Lins do Rego; Maria da Garrafa, de Itabaiana, com um encardido molambo a passar no nariz e um frango no ombro esquerdo, estivesse na Igreja ou na Rua do Carretel. Em Guarabira, Chico do Baita de tudo sabia: o sapateiro que ia além do sapato; o “cientista político” Pai Herói e Salete Cobra, sempre à espera de um enterro para acompanhar o caixão até a última pá de terra, debulhando-se em prantos mais do que a viúva do morto. Galinha Baleada e Ferrugem, de Cajazeiras; Açoite, de Piancó, rodando uma pedra na ponta do cordão para “tirar fino” no queixo, com insistente desejo: “- Tomara que bata..., tomara que bata...”. O campinense Engole Trave, engravatado, agredindo com palavrões quem zombasse da sua dificuldade de girar a cabeça, ou Biu do Violão, louco por Roberto Carlos, “cover” do “rei” em Campina; por lá desfila Pedro Cancha, modista de grife, o primeiro macho campinense a vestir saia para provar que “antes de tudo, a moda”, mesmo enfrentando preconceito.
Paranormais inteligentes, como o poeta Caixa D’água, sempre de paletó branco, vendendo seus livros, ou o tribuno Mocidade, de sábias ironias. Quem morreu? Quem ainda vive?... Pão de Bico, Pegueite, Garapa ou Davi, o dono do mundo, são imortais, folclóricos, alegria da nossa cultura. Amados pela cidade, o que talvez explique o povo necessitar, nas ruas, do bobo que divertia os reis nas cortes. Caberá perguntar: Por onde andará Vassoura?


Voltar ao Topo Ir em baixo
Vilma Piva
Amigo Diamante
Amigo Diamante
avatar

Data de inscrição : 02/07/2009
Localização : Araras - SP

MensagemAssunto: Re: PAPA-RABO, A JUMENTO; VASSOURA, A CAVALO   Sab Jul 24, 2010 4:32 pm

Damião, querido Poeta Cronista,

Sim,tais pessoas tornam-se marcantes personagens
e ficam eternizadas vivendo na memória da gente.
E você os trouxe à tona para o merecido destaque!
Bravosssssss!!

Beijos Lindos,
Vilma
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PAPA-RABO, A JUMENTO; VASSOURA, A CAVALO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Imagens] Bian de Cavalo Marinho
» [Imagens] Hagen de Merak
» Olá!
» [Loja] A Miniatura
» [Resultado]Torneio de Fotos Especial de Aniversário Guerra Galatica - Seiya Vs Geki

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ESPAÇO CULTURAL PARA OS AMANTES DA POESIA  :: VARANDA POÉTICA :: SALA DA PALAVRA :: Crônicas-
Ir para: