InícioPortalRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Onde e Aonde
Mar... I_icon_minitimeQua Jul 06, 2011 7:17 am por Edvaldo Feitosa

» VENTO
Mar... I_icon_minitimeQua Abr 27, 2011 5:46 am por Odir, de passagem

» Quadra - Parabéns São Paulo
Mar... I_icon_minitimeTer Fev 08, 2011 2:28 am por Vilma Piva

» OUTONO - I - II - III
Mar... I_icon_minitimeTer Jan 25, 2011 2:55 pm por Vilma Piva

» FUGA / SOLIDÃO
Mar... I_icon_minitimeTer Jan 25, 2011 2:46 pm por Vilma Piva

» Folhas I
Mar... I_icon_minitimeDom Jan 23, 2011 9:38 am por Marli Franco

» Ausência
Mar... I_icon_minitimeDom Jan 23, 2011 9:35 am por Marli Franco

» DEUS NASCEU NO EXÍLIO
Mar... I_icon_minitimeSab Jan 01, 2011 5:21 pm por Vilma Piva

» COMIDAS DE ANO NOVO
Mar... I_icon_minitimeSeg Dez 27, 2010 3:01 am por Vilma Piva

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Parceiros

Compartilhe
 

 Mar...

Ir em baixo 
AutorMensagem
Marco Hruschka
Amigo Bronze
Amigo Bronze
Marco Hruschka

Data de inscrição : 28/05/2010
Localização : Maringá

Mar... Empty
MensagemAssunto: Mar...   Mar... I_icon_minitimeDom Maio 30, 2010 6:22 am

Acordei com a cabeça perplexa, pesada, perturbada...

Descobri que o amor não é para mim, fiz algo que os deuses não gostaram e resolveram me castigar com um coração funesto, frívolo e fútil...

Levo a vida como uma canção triste, com melodia magoada, nota desapaixonada e letra desesperada...

Desesperadoramente grito por socorro... que desça um anjo munido de cura pura para tratar desse peito ferido pelo tempo e pelo universo... e pelas musas...

As ondas coléricas da existência arrastaram para o fundo toda a fé que nunca foi minha, a esperança que pairava sozinha e o amor que outrora eu tinha...

Oxalá a tormenta passe e o mar de lama se transforme em puro leite... que chova santo azeite para ungir minha alma indolente...

Mas as lembranças são trevas... tempestades... trovões... que agitam meus pensamentos paralisando meu ser e meu não-ser. Oh Mar! Venha com vossa magnânima ressaca e leve convosco todo meu passado e meu presente, deixando à praia uma fagulha de futuro que ressuscite em mim o filho da outra vida, que eu seja fogo, que eu seja fênix...

Mar fechado... nefasto, infausto, infalível...

Estou fadado a essa vida amargurada, angustiada e mal-tratada.

Sonho em ser o Mar... cercado de todas as baías, de todas as praias e cercanias; movimentar-me pelo mundo, do nada oriundo, nunca moribundo, refugiar-me no profundo... gozo mais que abundo...

Mas a quimera é implacável, quando acaba, resta-nos o irrealizável. Felizmente a vida é sacrificável...

Sou o Mar...

Aquele que flutua, que tem a face crua, que a luz do sol recua, eu sou o Mar... o mar da Lua
...


Última edição por Marco Hruschka em Qua Jun 09, 2010 4:03 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Vilma Piva
Amigo Diamante
Amigo Diamante
Vilma Piva

Data de inscrição : 02/07/2009
Localização : Araras - SP

Mar... Empty
MensagemAssunto: Re: Mar...   Mar... I_icon_minitimeDom Maio 30, 2010 4:34 pm

Marco, querido Poeta/Escritor


A desilusão é marca forte desse teu belissimo texto
nos trazendo das profundezas um oceano de sentires.
És Mar !!!

Meus aplusossssss!!
Beijos Lindos,
vilma
Voltar ao Topo Ir em baixo
Marco Hruschka
Amigo Bronze
Amigo Bronze
Marco Hruschka

Data de inscrição : 28/05/2010
Localização : Maringá

Mar... Empty
MensagemAssunto: Re: Mar...   Mar... I_icon_minitimeSeg Maio 31, 2010 12:19 am

Somos todos mar nas profundezas de nossos sentimentos...

Obrigado!

Beijos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Mar... Empty
MensagemAssunto: Re: Mar...   Mar... I_icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mar...
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ESPAÇO CULTURAL PARA OS AMANTES DA POESIA  :: VARANDA POÉTICA :: SALA DA PALAVRA :: Prosas Poéticas-
Ir para: